personal projects

Ecopoética: Arte e Sustentabilidade em Intervenções Urbanas

 

ECOPOÉTICA é um projeto multidisciplinar dedicado à busca por poéticas de sustentabilidade no ambiente urbano que reconhece a prática artística como ferramenta fundamental no tratamento de questões ambientais e no cultivo das relações entre as pessoas e a cidade. A primeira etapa, Ecopoética: A Possibilidade da Arte sobre as Águas de Porto Alegre –recebeu o prêmio de pesquisa Décio Freitas da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre e foi
desenvolvida ao longo de 2013 e 2014, realizando três performances de intervenção urbana sobre ecossistemas
aquáticos em estado de degradação: Dilúvio MA, Ritual de Sobrevivência Urbana e Travessia.
O projeto ILHA, contemplado com o edital FUMPROARTE de Apoio à Produção 2015, inicia um novo momento de
compartilhamento e expansão de práticas de trabalho através da oficina Performance e Sustentabilidade em
intervenções urbanas. A oficina resultou na intervenção urbana plastiCIDADE em 2016 e mais recentemente na
estreia do espetáculo ILHA em março de 2017. Em 2018 está previsto o lançamento de um documentário em média
metragem, registro de caminhos ecológicos e poéticos que se abriram ao longo de quatro anos de desenvolvimento
do projeto.
O projeto Ecopoética recebeu em 2016 o Prêmio Boas Ideias de Sustentabilidade da Virada Sustentável em Porto Alegre.

Uma criação  dos artistas Marina Mendo e Rossendo Rodrigues.

http://projetoecopoetica.com

http://facebook.com/ecopoetica

Fábrica de Calcinha 

O projeto acompanha a pesquisa Provocações sonoras: uma investigação da escuta na criação cênica desenvolvida junto ao Programa de Pós Graduação em Artes Cênicas da UFRGS com orientação da Profa Dra Marta Isaacsson.

Propõe a criação de uma instalação performática em ambiente imersivo a partir da sonoridade. Que sonoridade? Esta que ouvimos cotidianamente nas ruas das capitais brasileiras e que delineiam a psicogeografia urbana, abundante em subjetividades e presenças sonoras.

Existem traços comuns na paisagem sonora dos centros urbanos brasileiros: a presença repetitiva de discursos de trabalho, conversas ao celular, trânsito de automóveis, ônibus, lotações, sirenes de polícia e ambulância, alarmes e pessoas falando, rindo, gritando. Este canto de sobrevivência forma um coro polifônico de vozes, porta-vozes de uma situação sócio-econômica que se por um lado expõe a fragilidade do sistema em promover oportunidades de trabalho e aprimoramento pessoal, por outro revela um povo destemido que encontra na rua sua resistência à precariedade da vida e força de sobrevivência. Contemplado com o edital da Mostra de Artes do Goethe-Institut Porto Alegre, a performance aconteceu em dezembro de 2015 no auditório do Instituto.

Recentemente, Fábrica de Calcinha foi contemplado com o prêmio PROCULTURA do Governo do Estado do Rio Grande do Sul e tem estreia prevista para março de 2018.

uma criação de Marina Mendo, Ricardo Pavão e Rossendo Rodrigues.

participação da arquiteta Marta Felizardo

 

Eva Schul Corpo e Memória _ 2014. financiamento Governo Federal – Ministério da Cultura

O projeto celebrou os 45 anos de trabalho de Eva Schul, marcados por sua intensa e apaixonada produção coreográfica e pela multiplicação de pedagogias para o corpo em movimento. Mestra da dança contemporânea brasileira, Eva dirige a Ânima Cia de Dança, e é uma das coreógrafas homenageadas pelo projeto Figuras da Dança, documentário produzido pela São Paulo Cia de Dança, em 2013, quando Eva Schul também coreografou o espetáculo Miragem.

em junho/julho de 2014 no Coletivo de Dança Sala 209 / Usina do Gasômetro

www.facebook.com/evaschulcorpoememoria

Realização Sync. Produções de Arte de Marina Mendo. Produção Executiva: Luciane Panisson/Rossendo Rodrigues. Bordado sobre fotografia: Rochele Zandavalli. Produção em vídeo: Natália Utz. Programação Gráfica: André Varela.

 

Miragem_2013_ efeito físico de refração da luz, quando se pensa ver aquilo que não existe.  financiamento: FUMPROARTE/PMPA .

 

Espetáculo contemplado com o Prêmio Açorianos Especial do Juri 2013 e com o Prêmio DESTAQUE BRASKEM em Cena 2014.

Qual foi a coisa mais apavorante que já te aconteceu? O açougueiro escondido na lateral de uma casa, vestindo seu avental branco sujo de sangue, rindo, se masturbando e olhando pra mim. Empregada que vira rainha de um Clube de Futebol, será um conto de fadas? Não, é só o concurso da Pepsi-Cola em 1952. Eu? Pelada? Sentada na beira da praia, as ondas entrando no meio das pernas cavando um buraco com a bunda, as tatuíras correndo embaixo dos dedos. Não podia dançar,  tinha uma perna mais fina e mais curta do que a outra. O Globo da Morte. A barriga cortada de um lado até outro pelo rasgo de uma pedra. O que uma coisa tem a ver com a outra? Nada, ou tudo se os acontecimentos dispersos na memória surgirem como uma Miragem. 

O espetáculo fusiona linguagens de Dança, Teatro, Vídeo e Música  produzidos com mídias analógicas e digitais. Uma constelação de memórias, tramas, perguntas, objetos reais (um vestido de 62 anos de idade, a lona furada de um circo, uma cadeira trazida pela imigração italiana em 1880),  linguagens plurais costuradas  no tecido da cena. 

Roteiro: Marina Mendo Direção: Lisandro Bellotto Direção coreográfica: Eva Schul. Performance: Marina Mendo e Marcelo Mertins Vídeos: Rua: Daniel Eizirik e Leonardo Remor, Bordado: Daniel Eizirik, Leonardo Remor e Rochele Zandavalli. Globo: Maurício Casiraghi Avós: Daniel Eizirik e Leonardo Remor. Bordado sobre foto: Rochele Zandavalli. Interferências sobre Retroprojetor: Cris Eifler Produção Sonora: Alexandre Missel e Marina Mendo. Luz: Bathista Freire Figurinos: Itiana Pasetti Produção: Rossendo Rodrigues e Marina Mendo

projetomiragem.wordpress.com/

miragem015 reduzida
bordado sobre fotografia _ Rochele Zandavalli
  
 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s